Gripe: pode faltar vacinas em Campo Bom

A Prefeitura de Campo Bom recebeu da Secretaria de Saúde do Estado uma pequena quantidade de vacinas contra a gripe H1N1. A quantia está longe do necessário para cumprir a demanda do município, que é de mais de 12.500 pessoas, integrantes do grupo prioritário da campanha. Apesar disso, o atendimento a essa parcela da população segue ocorrendo nas unidades básicas de saúde, que está dispensando a vacina na medida do possível. A Campanha de Vacinação contra a gripe iniciou no segunda-feira (25) e cerca de 3.300 pessoas foram vacinadas.

A Campanha segue até o dia 20 de maio e estão previstas para essa semana o recebimento de apenas 5 mil vacinas, sendo entregues em duas parcelas, número ainda inferior à expectativa. Conforme a secretária Municipal de Saúde, Dorothea Thobe, mesmo em virtude da Prefeitura ter recebido um número menor de doses, a campanha deve prosseguir e o Estado tem o compromisso de disponibilizar os medicamentos. “A vacinação continua mantendo o cronograma de atendimento nas unidades, por isso, contamos com a paciência da população”, explicou.

A vacina é indicada para:

– Crianças de 6 meses até menos de 5 anos;

– Gestantes;

– Puérperas (mulheres que deram à luz há até 45 dias);

– Trabalhadores da área da saúde;

– Indivíduos com 60 anos ou mais;

– Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais de qualquer idade;

– Povos indígenas;

 

– Todas as condições prioritárias e de risco listadas devem apresentar a receita médica comprovando o quadro. Ainda fazem parte do grupo prioritário e de risco adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários de sistemas prisionais. (Fonte: Imprensa PMCB)




 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *